quarta-feira, agosto 25, 2010

Relato de uma turista

O relato a seguir consta no Blog da Luciana
.
Conhecemos uma parte do Pelourinho (Salvador-Ba) e percebemos o quanto as pessoas gostam de abordar os turistas com a desculpa de “presentear”, “contemplar” com uma fitinha do Nosso Senhor do Bonfim. E aqui, uma informação de utilidade pública a quem interessar possa: NÃO ACEITEM E CASO COMPREM, NÃO COLOQUEM A FITINHA NO BRAÇO ENQUANTO ESTIVEREM EM SALVADOR!!! Segundo informações de quem mora, trabalha e conhece tudo por lá isto é para marcar o turista para ser assaltado depois. E isto nos foi dito por MAIS de uma pessoa.
.
Começamos a ter uma idéia do quão Salvador é perigosa. Violenta, descobrimos depois...
.
Conheci uma baiana pra lá de simpática que também me falou para tomarmos cuidado.
.
Os poucos vendedores que conheci foram extremamente mal educados. Quer ver eles te tratarem mal? É só entrar numa loja perguntar o preço, agradecer e fazer menção de sair sem comprar.... vixi Maria, eles se transformam!!! Te olham com cara feia e se você antes de sair pedir mais alguma informação quase que te fuzilam, isso quando não são desaforados. Estranhei muito este tratamento. Não que por aqui não aconteça de ser mal atendida por um vendedor ou outro, mas ser mal tratada porque perguntei o preço e não comprei, nunca tinha acontecido. E em Salvador isto aconteceu comigo em mais de um lugar. Conversei com algumas pessoas que me disseram ter vivenciado a mesma coisa.
.
Peço desculpas aos baianos que lerem este post, juro que não estou generalizando, mas fiquei com uma impressão muito ruim dos vendedores e com a sensação de que isto faz parte da cultura local (espero estar enganada).
.
Fonte: Informações do Bahia Preciosa

Um comentário:

Luciana disse...

Oi Vinicius!! Depois que eu conseguir escrever o restante da viagem vou contar o assalto que sofremos no Farol da Barra às quatro e meia da tarde... Farol lotado!!! Depois da experiência tenho maias algumas dicas a dar. Valeu!! Um abraço