domingo, abril 17, 2011

Um Rei pede passagem

Por Dom Murilo Krieger - Arcebispo de Salvador

Ficava cada vez mais claro que não viera para um pequeno grupo de pessoas ou para determinada época. Seu projeto era e é para todas as pessoas, de todos os tempos e lugares. É reino, portanto que não se confunde com os limites territoriais de um país, nem é formado por grupos fechados ou por pessoas que se consideram donas da verdade. É reino que nasce e cresce onde menos se espera.

Na verdade, embora não seja deste mundo, é aqui e agora que esse reino se constrói. Ele cresce quando você estuda ou trabalha, quando se diverte ou reza, quando vence a tentação ou se doa ao irmão necessitado. Cresce quando você perdoa ou é perdoado, quando penetra no ministério de Cristo ou quando leva outros a conhecê-lo.

Quando toma parte num partido político e luta para nele introduzir critérios de justiça e verdade, ou quando se une aos vizinhos num trabalho de mutirão. Cresce quando você faz um retiro espiritual ou quando participa de uma ONG que trabalha por uma nobre causa.

Em cada uma dessas oportunidades ou em tantas outras, é Jesus que está passando em seu caminho e lhe dizendo: Cumpriu-se o tempo e o Reino de Deus está próximo.

Fonte: Leia na íntegra no Jornal A Tarde

sábado, abril 02, 2011

'Carne, Osso' mostra o drama nos frigoríficos

Você trabalharia em um lugar frio, sem janelas, fazendo de 80 a 100 movimentos com as mãos e braços por minuto (o limite considerado seguro é de 35), sem poder conversar com o colega do lado, muitas vezes em pé, durante longas horas?
.
Se uma mosca pousar no seu rosto, você não terá tempo de afastá-la com as mãos: a pressão pela produtividade é grande. Você estará exposto a lesões nos ombros, pescoço, pulso, coluna, atrofia dos nervos, cortes profundos, problemas psicológicos e todas as doenças relacionadas ao estresse. Ainda sofrer acidentes que levem a amputações de membros, pela manipulação constante de serras e facas.
;
O documenário Carne, Osso, de Caio Cavechini e Carlos Juliano Barros e produzido pela ONG Repórter Brasil, revela essas condições em alguns frigoríficos pelo Brasil.
.
Veja na íntegra aqui!

Relatório da PF: Confirmado mensalão no governo Lula

Relatório final da Polícia Federal confirma a existência do mensalão no governo de Luiz Inácio Lula da Silva. Depois de seis anos de investigação, a PF concluiu que o Fundo Visanet, com participação do Banco do Brasil, foi uma das principais fontes de financiamento do esquema montado pelo publicitário Marcos Valério. Com 332 páginas, o documento da PF, divulgado pela revista "Época", joga por terra a pretensão do ex-presidente Lula de provar que o mensalão nunca existiu e que seria uma farsa montada pela oposição.

O relatório da PF demonstra que, dos cerca de R$ 350 milhões recebidos do governo Lula pelas empresas de Valério, os recursos que mais se destinaram aos pagamentos políticos tinham como origem o fundo Visanet. As investigações da PF confirmaram que o segurança Freud Godoy, que trabalhou com Lula nas campanhas presidenciais de 1998 e 2002, recebeu R$ 98,5 mil do esquema do valerioduto, conforme revelou o Estado, em setembro de 2006. A novidade é que Freud contou à PF que se tratava de pagamento dos serviços de segurança prestados a Lula na campanha de 2002 e durante a transição para a Presidência - estabelecendo uma ligação próxima de Lula com o mensalão. No depoimento, Freud narrou que o dinheiro serviu para cobrir parte dos R$ 115 mil que lhe eram devidos pelo PT.

O relatório da PF apontou o envolvimento no esquema do mensalão, direta ou indiretamente, de políticos como o hoje ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, do PT.
.
Veja na íntegra aqui e aqui.